Até um dia, 2014

Olho para trás e mal posso crer que este ano de 2014 termina aqui. É engraçado como a passagem do tempo nos foge: algumas horas demoram eternidades a passar, algumas coisas nunca mais chegam, e de repente este ano foi um ar que lhe deu. Estava há pouco no Largo do Carmo com cravos vermelhos, e de repente estou a poucas horas de Janeiro. Estava ainda agora no aniversário da minha mãe, e em menos de nada o Natal já passou. Acumulam-se-me os anos em cima como uma surpresa. Vamos para 2015, e é o fim do mundo em cuecas. Desisto, estamos a viver no futuro. 2015 era daquelas coisas com que eu não contava, assim de repente. Parece que mal me habituei ainda a termos dobrado o ano 2000 sem acabar o mundo.

Não sei o que fazer a todas estas vidas que tenho vivido e que ainda mexem dentro da minha cabeça, num passado que parece eternamente recente. Por isso faço listas, documento-me, escrevo e fotografo-me. Quero saber de fora o que tenho feito por dentro. Este ano de 2014 mudou tudo na minha vida, foi um ano verdadeiramente revolucionário. Todas as maldições que tinha inscritas foram quebradas: aquela sensação de ter sonhos engavetados e de não conseguir fazer nada para mudar desapareceu. Parece-me irreal, ainda. Parece-me que é só sair de casa e posso apanhar o metro para o Marquês de Pombal, e ir tomar a bica ao Maria Café. Mas estou longe, tão longe que parece ser longe demais. Estou no fuso horário que passei anos a cobiçar. Estou a construir a vida outra vez, e onde quer que o caminho me leve, jamais esquecerei que foi este ano que me trouxe até aqui.

2014. Que ano tremendo. Que ano memorável. A revolução começa cá dentro, e eu agora estou a vivê-la.

Advertisements

2 thoughts on “Até um dia, 2014

  1. hoje acordei, estava sol lá fora, saí de vestido e recusei-me a usar luvas – vivo em amesterdão, senti-me um autêntico rambo a desafiar o frio. e, agora, cheguei a casa e li um post teu antigo sobre cheirar a primavera. obrigada, fez o meu dia.
    só descobri este blog agora. vão haver mais posts, não vão?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s