Geração de 80

Crescemos na rua e no Verão víamos os Jogos sem Fronteira em família. Não tivemos telemóveis até atingirmos a maioridade e usávamos o AltaVista na Universidade. Fomos criados no analógico e aprendemos a ser adultos no digital. Chegamos aos trinta, e metade de nós não é casado, nem tem filhos. Solteiros em série, como costumo dizer. Boa parte dos meus amigos está assim: com dez anos de profissão, a viverem sozinhos, sem relações duradouras, sentindo-se ainda demasiado jovens para a idade que está no B.I.

Somos a primeira geração em Portugal que é assim. Os nossos pais, mal ou bem, casaram cedo e tiveram filhos, arranjaram trabalhos para a vida e criaram-nos o melhor que puderam. E não entendem as nossas prioridades; o trabalho e os amigos são o centro da vida. Não é uma questão de não ter rumo, é questão de não querer escolhê-lo já. Um rumo certo é tão definitivo quanto aflitivo. Não querer olhar para os próximos vinte anos e adivinhar o que estaremos a fazer. O tempo torna-se um inimigo: antes era um horizonte inesgotável de juventude, agora é um alarme que soa na boca das outras pessoas. “Tens de casar, tens de ter filhos, tens de arranjar um homem como deve ser.” Não, eu não “tenho de” nada. O problema das escolhas definitivas é que aniquilam a possibilidade. Aquela sensação de poder fazer tudo, de ter várias opções em aberto, de poder escolher. A escolha assusta, e a indecisão também. O tempo vai passando. O receio aumenta: de que não escolher seja uma escolha em si própria, e que o controlo desapareça às mãos da vontade de ter controlo.

O que eu não consigo ser é infeliz. Tenho os sonhos intactos, e a única coisa que estou a decidir é de qual deles tenho de abdicar para perseguir os outros.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s